Brook Preloader

[PATROCINADORA MOSTRA BID BRASIL] Tropas do Exército conhecem poderio do Remax da Ares em blindados

[PATROCINADORA MOSTRA BID BRASIL] Tropas do Exército conhecem poderio do Remax da Ares em blindados

No dia 11 de agosto, no Campo de Instrução de Quaraí, a Seção de Instrução de Blindados do 5º Regimento de Cavalaria Mecanizado realizou o exercício de tiro com o Sistema de Armas Remotamente Controlado (SARC) Reparo de Metralhadora Automatizada X (REMAX), desenvolvido pela ARES, em viatura blindada de transporte de pessoal média sobre rodas (VBTP MSR) 6×6 Guarani.

A atividade finalizou com êxito o treinamento específico de atirador de SARC REMAX da VBTP MSR 6×6 Guarani, em que foram executados disparos com as metralhadoras .50 mm. Os tiros foram realizados com a viatura parada e em movimento, em alvos a 300, 500 e 1.000 m de distância.

Foram formados, no curso, 12 militares de organizações militares diretamente subordinadas à 2ª Brigada de Cavalaria Mecanizada, os quais agora encontram-se aptos a utilizar os equipamentos desta nova viatura blindada, que é mais um projeto estratégico do Exército Brasileiro.

Base de Apoio

Em março, a Ares inaugurou uma base de apoio logístico em Uruguaiana, Rio Grande do Sul, com o objetivo de atender as unidades do Exército Brasileiro equipadas com o REMAX. A estação de armas, desenvolvida pela empresa em parceria com o CTEx, foi adotada para equipar o blindado Guarani.

Será a segunda base de apoio da empresa fora do Rio de Janeiro, onde fica sua sede. Em 2019 foi estabelecida a primeira base no 15º Batalhão Logístico em Cascavel, no Paraná.

Em Uruguaiana, a base atenderá além do 8° RC Mec outras OMs localizadas em mais 7 cidades: Quaraí, Santana do Livramento, Bagé, Jaguarão, Santa Rosa, São Borja e Itaqui.

De acordo com Frederico Medella, diretor de Marketing da ARES, essas bases têm como objetivo fortalecer a parceira com o Exército Brasileiro. “Estamos incrementando o atendimento de suporte logístico para os sistemas distribuídos pelo Brasil”.

A base da ARES em Uruguaiana contará com uma equipe que supervisionará as manutenções de primeiro escalão realizadas pelo Exército Brasileiro e executará as manutenções de segundo escalão. “Nosso contrato prevê além da execução e supervisão das manutenções de 1° e 2° escalão a transferência de capacidade para organizações militares”, afirmou Medella.

Com a distribuição dos próximos lotes do REMAX, que em 2021 comemora 15 anos, a empresa prevê instalar mais bases de apoio pelo Brasil. “Fora o Paraná e agora o Rio Grande do Sul, os atendimentos do REMAX distribuídos no estado Rio de Janeiro, no Distrito Federal e em Minas Gerais são suportados pela sede da empresa no Rio de Janeiro. Mas verificando a necessidade do Exército, podemos sim inaugurar outras bases”, declarou o diretor de Marketing.