Utilizamos cookies para garantir que você tenha a melhor experiência em nosso site. Se você continuar a usar este site, assumiremos que você concorda com a nossa política de privacidade, termos de uso e cookies

“O Rio Grande do Sul, hoje, está na cabeça e na preocupação de todos os brasileiros”, diz o Ministro da Defesa, José Mucio

image noticia

15/05/2024 21:16 | Autor: Ministério da Defesa

Nesta sexta-feira (10), o Ministro da Defesa, José Mucio Monteiro, e comandantes das Forças Armadas estiveram no Rio Grande do Sul (RS) para conferir o trabalho dos militares em apoio aos municípios impactados pelas enchentes. Na ocasião, o ministro enfatizou a importância da continuidade dos trabalhos e da solidariedade.

“O Rio Grande do Sul, hoje, está na cabeça e na preocupação de todos os brasileiros. Esse momento exige responsabilidade, fraternidade e amor ao próximo. Nós precisamos, verdadeiramente, trabalhar pelo Rio Grande do Sul”, diz o Ministro José Mucio durante coletiva de imprensa.

Até o momento, cerca de 13.485 mil militares da Marinha, do Exército e da Força Aérea, estão envolvidos diretamente na missão e resgataram em torno de 63 mil pessoas e 7 mil animais, desde o início da ajuda humanitária, em 30 de abril. A ação conta com meios fluviais, aéreos e terrestres, no total de 105 lanchas e botes; 6 navios; e 35 aeronaves (asa fixa e helicópteros). Já são 437 municípios atingidos pelas chuvas.

A campanha: “Todos Unidos pelo Sul”, encabeçada pela Força Aérea Brasileira (FAB), arrecadou 2 mil toneladas de alimentos. Neste sábado (11), militares do Exército e da Força Aérea atuarão, juntamente com voluntários, para entregar 400 toneladas das doações às vítimas. A ação utilizará meios aéreos e terrestres.

Também neste sábado (11), o Navio-Aeródromo Multipropósito (NAM) “Atlântico”, da Marinha, deve chegar ao Rio Grande (RS). No bagageiro, duas estações móveis para tratamento de água, capazes de produzir um total de 20 mil litros de água potável por hora. O navio carrega, ainda, doações, embarcações, aeronaves, maquinários, viaturas e efetivos de Fuzileiros Navais e de militares da área de saúde.

Durante a coletiva de imprensa, o Comandante do Exército, General de Exército Tomás Miguel Miné Ribeiro Paiva, falou sobre as próximas ações. Segundo ele, para retornar o abastecimento de água em Porto Alegre (RS), equipes de engenharia do Exército estudam a possibilidade de bombear a água acumulada no Bairro Moinho dos Ventos e levá-la de volta ao Rio Guaíba. Para esta frente de ação, de caráter emergencial, é necessário um guindaste de 6 toneladas e a construção de pontes para execução, proporcionando condições para restabelecer a infraestrutura dos serviços básicos no estado.

HCamp – Como parte do apoio ao RS, as Forças Armadas já instalaram quatro hospitais de campanha nas cidades de Estrela, Eldorado do Sul, São Leopoldo e Guaíba, sendo 3 do Exército e 1 da Marinha. Cada módulo tem uma média de 40 leitos e 100 atendimentos de saúde são realizados por dia. As estruturas atendem especialidades como clínica médica, pediatria, ortopedia e cirurgia  geral.

Operação Taquari – Em 2023, ocorreu a primeira fase da operação Taquari, no Rio Grande do Sul. À época, os militares das Forças Armadas também foram mobilizados para atender os municípios afetados por fortes chuvas. Os militares atuaram em ações de busca e salvamento; resgate; no transporte de equipamentos, na distribuição de suprimentos, em evacuações aeromédicas; e na desobstrução de vias.

Por Helena L’acosta e Isabela Nóbrega
Fotos: Divulgação 

Notícias Recentes

noticia imagem

11 de Julho de 2024 às 11:21

A ABIMDE Certificadora foi conferir de perto as novidades apres…
noticia imagem

11 de Julho de 2024 às 11:20

Nos dias 26 e 27/06 a AEROMOT marcou presença na Aviatio…
noticia imagem

11 de Julho de 2024 às 11:18

A Akaer recebeu da AEB (Agência Espacial Brasil…
Fale conosco