Brook Preloader

[EXPOSITORA MOSTRA BID BRASIL] IS – Indústria da Solução e T4S levam blindagem elétrica para FedEx

[EXPOSITORA MOSTRA BID BRASIL] IS – Indústria da Solução e T4S levam blindagem elétrica para FedEx

A IS – Indústria da Solução, segue levando ao mercado o conceito cada vez mais sólido da blindagem elétrica, uma inovação mundial. Em parceria com a T4S Tecnologia, a empresa levou seu produto inovador para os caminhões da FedEx Express, subsidiária da FedEx Corp. e maior empresa de transporte expresso do mundo.

A FedEx Express recebeu na operação brasileira os seus primeiros caminhões cujos baús contêm blindagem elétrica. Os veículos contam, ainda, com a tecnologia de bloqueamento anti-jammer e antivandalismo. O investimento faz parte do projeto de melhoria constante dos protocolos de segurança da companhia, que também inclui a instalação de cofres especiais com trava de abertura remota e interior com blindagem elétrica nas filiais e treinamento de profissionais entre outras soluções de proteção.

Em entrevista para o portal UOL, o vice-presidente de Operação da FedEx Express no Brasil, Luiz Roberto de Andrade Vasconcelos, destacou que o Brasil é o único país no mundo em que a companhia utiliza caminhões com blindagem elétrica. “Ele é utilizado predominantemente para mercadorias de alto valor agregado ou itens com alta procura pela questão da criminalidade, como aparelhos celulares e computadores”.

Na entrevista, ele explica os detalhes de funcionamento do sistema: “São carretas que têm uma manta eletrificada entre a parte interna e a externa, que protege o interior do veículo contra uma tentativa de arrombamento. Sensores aplicados nos compartimentos de carga dos caminhões dificultam seu rompimento e disparam um choque elétrico de 20 mil volts (não letal), suficiente para interromper a ação criminosa sem causar danos físicos às pessoas”.

“A segurança é sempre nossa prioridade. Nossos funcionários e a carga de nossos clientes merecem a experiência mais segura que podemos oferecer. Continuamos tomando todos os cuidados para oferecer um ambiente de trabalho seguro às nossas equipes e confiabilidade aos nossos clientes, mesmo em condições adversas” afirmou Fábio Gonçalves, diretor de Segurança da FedEx Express. A empresa planeja ampliar sua frota equipada com a nova tecnologia durante esse ano fiscal, que se encerra em maio de 2021.

Blindagem elétrica

Com uma tecnologia diferenciada que congrega blindagem a eletricidade (não letal), a IS pretende atender tanto ao setor de Defesa, quanto civil, focando na segurança de cargas, residência, contêiner ou qualquer superfície, que exija proteção. A IS já recebeu patentes em três países e tem pedido de patente de suas soluções em outros cinco países, incluindo o Brasil.

A tecnologia da blindagem elétrica consiste em utilizar descargas elétricas, sempre de maneira não letal, para elevar a dificuldade da prática criminosa. No caso do segmento logístico as faces do habitáculo a ser protegido recebem a aplicação da manta que, ao identificar o início de uma tentativa de destruição, além de comunicar a prática a uma pronta resposta, avisa ao “assaltante” que insistir na prática criminosa o risco de sofrer choque. Um ponto relevante é que a blindagem elétrica, por meio de sua inteligência embarcada e presença de proteção física e isolante, só expõe os bandidos aos choques em caso efetivo de destruição das superfícies protegidas.

E importante deixar bem claro que em momento nenhum, em nenhum cenário, trabalhadores e transeuntes ficarão expostos a risco de choque, uma vez que a destruição da superfície isolante requer dolo extremo, só podendo ser realizado por meio de prática criminosa intencional e severa. Esse fato e toda inteligência embarcada reduz a zero qualquer risco de choque acidental. Inclusive, para garantia extrema, os testes dos materiais foram feitos em um dos maiores centros de pesquisa da América Latina.