Brook Preloader

[EXPOSITORA BID BRASIL] De gestão de projetos a transferência de tecnologia: saiba o que a Fundação Ezute levará à Mostra

[EXPOSITORA BID BRASIL] De gestão de projetos a transferência de tecnologia: saiba o que a Fundação Ezute levará à Mostra

A Fundação Ezute, organização privada sem fins lucrativos que tem como missão contribuir para a transformação das organizações brasileiras, especialmente as públicas, é uma participante recorrente da Mostra BID Brasil.

Para a organização, este é um evento importante no calendário do setor por ser focado na Base Industrial de Defesa (BID) brasileira e por acontecer em Brasília, centro político e administrativo da estrutura do Ministério da Defesa (MD) e das Forças Armadas.

Para a 6ª edição da Mostra, a Ezute levará suas propostas de valor associadas à Engenharia de Sistemas, Gestão de Projetos Complexos, Integração e Estruturação de Processos de Transferência de Tecnologia e de conteúdo local. Além disso, estará apta a demonstrar algumas soluções de sistemas de informação criadas a partir do envolvimento da Fundação em programas como o MANSUP e PROSUB.

“Entendemos que a Mostra será parte do processo de retomada das atividades após a pandemia, em especial para a área de Defesa e Segurança Pública. Nossa expectativa é a melhor possível, com a possibilidade de interagir com os envolvidos no setor, sejam gestores ou parceiros de negócios, demonstrando nossas experiências e capacidades”, comenta Delfim Miyamaru, diretor presidente da Fundação Ezute.

De acordo com o executivo, o que será levado para o evento são demonstrações práticas dos tipos de serviços que a Fundação Ezute está pronta para disponibilizar aos gestores de programas e projetos estratégicos no MD e nas Forças. “Somos uma organização centrada em conhecimento, que presta serviços de consultoria e também desenvolve soluções que auxiliam, de fato, os gestores no processo de gerenciamento”, explica Delfim.

No início da Pandemia, a Fundação apresentou a gestores estaduais uma metodologia e boas práticas para o Gerenciamento de Crises. O conteúdo teve como objetivo auxiliar e capacitar os governos na implantação de seus gabinetes de crise. Na ocasião, representantes dos estados dos estados da Bahia, Espírito Santo, Goiás, Rio Grande do Sul, Rondônia, São Paulo e Tocantins participaram da apresentação. Essa capacitação continua disponível para governos de todo o Brasil e é oferecida sob demanda.

Para Delfim Miyamaru, situações complexas e críticas como a que estamos vivendo exigem ações coordenadas para maximizar resultados, encurtar os ciclos de decisão e evitar desperdício de recursos no enfrentamento à crise.

Saiba mais em: https://ezute.org.br/