Brook Preloader

[APOIADORES MOSTRA BID BRASIL] Ministérios da Defesa e das Relações Exteriores enviam missão humanitária ao Líbano

[APOIADORES MOSTRA BID BRASIL] Ministérios da Defesa e das Relações Exteriores enviam missão humanitária ao Líbano

Dois aviões da missão humanitária brasileira, um KC-390 e um Embraer-190 (VC-2), decolaram, nesta quarta-feira (12), às 11h18, de Guarulhos (SP) rumo a Beirute. Conforme decisão do Presidente Jair Bolsonaro, o governo brasileiro doará 6 toneladas de materiais de saúde e alimentos ao Líbano, após a grande explosão que destruiu o Porto de Beirute. A operação é coordenada pelos Ministérios da Defesa, das Relações Exteriores e da Saúde.

Antes das aeronaves da Força Aérea Brasileira (FAB) decolarem da Base Aérea de São Paulo, houve cerimônia de despedida das tripulações e da comitiva chefiada pelo ex-Presidente Michel Temer, filho de libaneses.

O Presidente da República, Jair Bolsonaro, ressaltou a importância da missão humanitária brasileira. “O que nós poderemos oferecer, vindo em grande parte da comunidade libanesa, é de coração. Esse evento marca ainda mais nossa aproximação com o Líbano. Os nossos países não abrem mão de democracia e de liberdade. Onde um ser humano precisar de ajuda, nós faremos o que for possível”, destacou.

O Embaixador do Líbano no Brasil, Joseph Sayah, enalteceu o gesto do governo brasileiro. “Gostaria de expressar os meus mais sinceros agradecimentos. Agradecemos o apoio e a ajuda. Somos países irmãos em lados opostos do mundo. Podem ter certeza que o Líbano nunca mais vai esquecer a generosidade desse grande país que abriga milhões de libaneses”, afirmou.

O governo brasileiro, por meio do Ministério da Saúde, e a comunidade libanesa doaram medicamentos e insumos básicos de saúde, como antibióticos, corticóides, analgésicos, ataduras, seringas e catéteres. Cerca de 100 mil máscaras cirúrgicas, 300 ventiladores pulmonares e alimentos também serão enviados para aquele país. As informações são do Ministério da Defesa.